Um

Umidade condensando no nariz
Respiração acelerada em uma noite fria
Atrasado para tudo
Chegou tarde, na vida

A luz dói em olhos a muito nas trevas
Medo do escuro
Pálpebras abertas, pupilas contraídas e sobrancelhas franzidas
Ver com clareza, mais dor ainda

Boneco voodoo da consciência
Descobrindo o papel durante a peça
Não sou o corpo
Nem sou eu

Quem sou?
Quem somos?
Todos atores de um mesmo personagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s